Lucro Real: o que é, para quem serve e quais os benefícios?

Compartilhe
Lucro Real

Se você tem uma empresa, certamente ja ouviu falar no Lucro Real.
Esse tipo de regime, muitas vezes confundido com o Simples Nacional e o Lucro Presumido, é um tributo que tem suas especificidades e nem sempre está atrelado apenas a empresas de grande porte, como é o pensamento de muitos.

Clicando aqui, você será direcionado para um outro conteúdo exclusivo da Astec sobre qual é o melhor regime tributário para sua empresa, que também pode te ajudar a entender melhor essas questões tributárias.

O que saber sobre o Lucro Real?

O Lucro Real é um regime que precisa de uma atenção especial em vários detalhes, pois ele se aplica bem àquelas empresa que possuem a documentação perfeitamente em dia, hábil de ser contabilizada  e que têm as despesas muito bem relacionadas e o faturamento muito bem definido para que o tributo possa funcionar perfeitamente.

Quais setores podem aderir ao Lucro Real?

As empresas de alguns setores mais específicos podem são obrigadas a se enquadrarem neste tipo de regime tributário, em alguns casos essa obrigatoriedade se dá independente da receita bruta da empresa. Por isso é importante que seu empreendimento conte com um contador qualificado e especializado neste tipo de regime, para que nada passe despercebido e você acabe tendo problemas futuros.

 

Leia também: 5 motivos para sua empresa contratar uma consultoria empresarial

 

São as empresas que precisam se adequar ao Lucro Real:

  • Empresas do mercado financeiro, como bancos, instituições financeiras, cooperativas de crédito, empresas de seguro privado, entidades de previdência aberta e sociedades de crédito imobiliário;
  • Empresas que tiveram lucro, rendimentos ou ganhos de capital oriundos de fora do país;
  • Empresas que explorem as atividades de compras de direitos creditórios resultantes de vendas mercantis a prazo ou de prestação de serviços (factoring);
  • Empresas que têm benefícios fiscais em relação à redução ou isenção de impostos.

Além do mais, qualquer empresa com receita bruta acima de R$78 milhões deve, obrigatoriamente, adotar o Lucro Real como regime de tributação. Consulte o seu contador de confiança e saiba todos os detalhes sobre esse assunto.
Se você está querendo trocar de contador e não sabe como, clique aqui e confira esse conteúdo da Astec para você ver como esse processo é possível e fácil.

Quais as vantagens do Lucro Real para minha empresa?

Mesmo que a sua empresa esteja enquadrada no quesito de obrigatoriedade deste tipo de regime tributário, existem benefícios como a redução da carga tributária, por exemplo.
São outras as vantagens do Lucro Real:

  • Fazer a compensação de prejuízos fiscais;
  • A tributação é mais justa, pois os débitos são realizados considerando a situação tributária real da empresa;
  • A sua empresa pode aproveitar os créditos do PIS e do COFINS;
  • Você pode optar pela apuração em diferentes períodos fiscais, tanto de maneira trimestral quanto de maneira anual;
  • Se a sua empresa tiver prejuízo fiscal no período apurado, não há a necessidade de contribuição.

No entanto, como já dissemos acima, sempre é importante consultar o contador de confiança que cuida desses assuntos para sua empresa, pois somente um profissional qualificado e experiente pode lhe passar todas as informações, deixando sua empresa dentro do que é legal e seguro em relação aos regimes tributários.

Você ainda não tem um contador especializado dentro da sua empresa? Então fique de olho neste artigo exclusivo que a Astec preparou pra você:

 

A importância do contador para o sucesso da sua empresa

Onde contratar uma empresa especializada?

A Astec Contabilidade surgiu com o propósito de oferecer às empresas e a seus sócios soluções rápidas e simples em contabilidade, sem burocracias. Quer mais detalhes sobre o Lucro Real para sua empresa?

Entre em contato conosco preenchendo o formulário abaixo ou chame a gente no WhatsApp clicando no botão ao lado e tenha a melhor equipe para te auxiliar.

Fale com a gente!